17 outubro 2020

Distanciamento social e retorno à escola em tempos de pandemia: ideias de atividades

Embora a pandemia de COVID-19 continue sendo uma realidade ao redor do mundo e o Brasil seja um dos epicentros da doença, instâncias públicas e instituições privadas vêm insistindo em um retorno ao ensino presencial - ao menos parcial, para acolhimento de crianças e adolescentes.

Este post tem como intenção trazer ideias práticas para estes momentos de reencontro. Sabemos que este é um ano que tem demandado demais dos professores, e por isso vamos elencar diferentes atividades possíveis em um ambiente que respeite o distanciamento social e diferentes configurações que possam vir a se apresentar em diferentes realidades escolares.

No post de hoje falaremos sobre algumas atividades coletivas, que podem ser realizadas em grupos de diferentes tamanhos. As ideias a seguir são possibilidades para diferentes faixas etárias. Ao longo das próximas semanas, traremos mais sugestões!


Cumprimento personalizado

Convide seus alunos para definir um gesto que será o cumprimento do grupo. Embora algumas ideias tenham se disseminado nas mídias (como o toque de pé, ou de cotovelo), considere estimular movimentos que respeitem preferencialmente um metro e meio de distanciamento.  


Cápsula do tempo

Convide os alunos para levarem para a escola registros do ano atual. Estes registros também podem ser produzidos na escola, aproveitando que esta produção pode ser feita individualmente. Cuide para que os alunos registrem suas ideias individualmente, para que os registros representem a pluralidade das impressões dos alunos. Além disso, inclua desenhos, recortes de revista, jornais ou panfletos. Para dar um toque pessoal para a cápsula do tempo, inclua também fotos das crianças. Outros objetos não perecíveis também são bem vindos, desde que a atividade seja muito bem explicada aos alunos: a cápsula do tempo não deverá ser aberta tão cedo... 


Defina coletivamente algumas informações importantes com os alunos: quem irá abrir a cápsula do tempo: outra turma, ou a turma deles? Quanto tempo a cápsula ficará fechada: alguns meses, um ano, dois anos? Onde a cápsula ficará armazenada? 

Para finalizar, escreva coletivamente com o grupo uma carta explicativa contando sobre o momento atual para o momento da abertura da cápsula do tempo. Escolha um recipiente adequado ao local e ao tempo de armazenamento. 

Lembre-se de criar um registro pessoal sobre a atividade, com a data em que a cápsula deve ser aberta, e o local onde ela está armazenada.


Caça ao tesouro

Defina um ou mais objetos a serem encontrados pelos alunos. Esconda os itens de um modo que os alunos explorem localizações diferentes sem aglomeração. Escreva pistas adequadas à faixa etária alvo. Explore outros recursos que façam parte da realidade dos alunos e dos conteúdos trabalhados na turma, como por exemplo: leitura de mapas, operações matemáticas, charadas em outro idioma. Esta atividade cabe perfeitamente em diferentes sequências didáticas, onde os alunos podem desenhar o mapa que será utilizado na atividade: um mapa da escola, do andar da sala de aula, do quarteirão. Além disso, um momento de fechamento para compartilhar os achados e os desafios vividos é muito valioso. 


Exposição de arte

Defina uma linguagem artística, um tema coerente para o grupo e convide os alunos para criarem algo. Lembre-se de separar os materiais para que os alunos possam utilizá-los individualmente. Após a conclusão da atividade - respeitando o diferente tempo de cada criança - organize um momento de apresentação oral para o grupo. 


Mímica

Que tal brincar de mímica? Defina um tema com as crianças e as organize para que todas tenham a sua vez de participar. Quando a brincadeira for perdendo o desafio, misture os temas, ou informe com a ajuda de recursos visuais ou por escrito o que cada aluno deverá realizar na mímica. Segue algumas sugestões de categorias: animais, meios de transporte, profissões, objetos do dia-a-dia. Não esqueça de ouvir os alunos sobre possibilidades diferentes para as categorias, como games e desenhos animados.


O mestre mandou

Esta é outra brincadeira que todas as crianças conhecem, e que funciona muito bem apesar do distanciamento necessário. Se assegure de que as crianças estão nos lugares definidos, e direcione os alunos a realizarem uma série de movimentos corporais. Encontrar uma atividade paralela para os alunos que "saírem" da brincadeira é um recurso importante que fará com que todas as crianças continuem envolvidas na proposta. Além disso, descentralizar o comando da brincadeira e deixar as crianças sugerirem os movimentos também pode ter um ótimo impacto! Lembre-se apenas de definir regras objetivas sobre o espaço individual de cada um os protocolos sanitários estabelecidos em sua região.

Qual é a realidade na escola em que você trabalha? Você tem outras sugestões de atividades para compartilhar? Deixe um comentário!

Fala, Prô! é contra a volta às aulas enquanto o Brasil for o epicentro da atual pandemia de COVID-19. Nossas publicações têm como propósito trazer reflexões e sugestões de vivências que contribuam para a realidade de professoras, professores e demais funcionários, já que instâncias públicas e instituições privadas insistem no retorno.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

imagem-logo