25 junho 2017

Relato de prática: Chegue mais e dê um cheiro!

As tintas feitas com cola, água e especiarias
Ao longo deste bimestre, desenvolvi com as crianças e com as professoras Camila e Daniela uma sequência didática intitulada Viajando pelo Brasil, que também foi a temática da nossa Festa Junina. Houve um sorteio na escola e cada turma recebeu uma região para estudar a respeito e inspirar sua dança: o nosso Infantil I (crianças de 4~5 anos) foi contemplado com o Nordeste, região onde metade da minha família nasceu e pela qual sou apaixonada! <3

Aproveitando que estava visitando o meu avô na Bahia no começo do mês de Junho, trouxe alguns temperos (canela, colorau, açafrão e cominho) da feira de Muritiba para fazer tintas com as crianças! O engraçado é que mesmo estando de folga, a gente sempre pensa na escola, não é? Faz parte!

A senhora que me vendeu os temperos na feira de Muritiba
Antes de começar, conversamos um pouquinho a respeito dos temperos, contextualizei exibindo a foto da feira onde comprei e sentimos seus cheiros. O passo seguinte foi colocar cola e um pouco de água em cada copinho com a especiaria e deixar a garotada misturar! É incrível como uma atividade que nós, adultos, julgamos tão simples, tão "sem graça", possa ser tão encantadora para as crianças! Me diverti observando os seus olhinhos brilhando, contando o que estavam achando para os seus amigos, comparando as cores e texturas de cada mistura, ouvindo seus comentários...
Prô, esse aqui parece chocolate ou diarreia! (sobre a mistura com canela)
Mãos à obra: as crianças fazendo suas pinturas!
O segundo passo foi deixá-los livres para fazer suas criações usando cartolina amarela como suporte: alguns pensaram antes sobre qual desenho iriam fazer, outros só queriam experimentar as tintas; alguns utilizaram pincéis, outros as mãos. E o importante aqui não foi a estética (que é apenas consequência), mas a experiência das crianças no desenvolvimento desta atividade artística!

Depois que nossas obras secaram, cada criança pôde apreciar e sentir o cheirinho! Elas fizeram parte de um mural que chamamos de Chegue aqui e dê um cheiro!, exposto no dia da Festa Junina!

Nosso mural. Chegue mais e dê um cheiro!

Um comentário:

  1. Demais! Criatividade, contextualização cultural e sinestesia validando a aprendizagem das crianças.

    ResponderExcluir

imagem-logo